TIC e o desafio da integração de dados na saúde

Computador, Negócios, Escritório, Tecnologia, Laptop

O Brasil é atualmente o 8º maior mercado do mundo na área da saúde. Esse setor movimenta, cerca de 9% do PIB do país, segundo o Ministério da Saúde, e conta com uma população de cerca de 2,18 médicos para cada 1.000 habitantes.

Com esses números, um estudo realizado pela empresa de pesquisa e analise, Frost & Sullivan destaccou que, 95% dos diretores de Tecnologia da Informação dos hospitais pesquisados tendem a investir, cada vez mais, em novas tecnologias focando principalmente, na redução de custos operacionais.

Segundo a pesquisa esse é o principal desafio do setor, pois ter uma base integrada dos dados de saúde de cada pessoa, que possa ser acessada por qualquer prestador de serviço da área, é o objetivo a ser alcançado quando se pensa em aumentar a eficiência do sistema e permitir assim uma melhor gestão de como está a população.

Para isso, passar por uma transformação digital é um caminho essencial, assim ajudaria principalmente aos pacientes que podem ter acesso à suas informações de forma mais adequada e rápida. De acordo com o diretor do SEPRORGS, Donald Reis, o Brasil está no caminho certo quando o assunto é avanços tecnológicos na área da saúde, ele cita além do uso por alguns hospitais da Inteligência Artificial para realizar o tratamento de enfermidades como câncer, os investimentos em TI para garantir a segurança de informações e melhorar a inteligência de dados.

O uso intensivo de tecnologia e a necessidade de modelos inovadores de cuidado são tendências importantes para o sucesso deste desafio”, disse.

 

FONTE: SITE – itforum365.com.br.