Diferênça entre Big Data e Small Data

Os nomes Big Data e Small Data estão ganhando muita atenção nos últimos anos, ambos são ferramentas de gerenciamento de dados de grande importância tanto para empresas quanto para os consumidores, mas qual é a diferença entre essas ferramentas é o que vamos falar aqui.

O Big Data nasce a partir da necessidade das empresas de conseguir lidar com a grande quantidade de informações geradas a partir de processos do seu cotidiano. Seu objetivo é o de armazenar e analisar estes dados, possibilitando a criação de relatórios de comportamento que mostrem as preferências e necessidades de seu público alvo.

Já o Small Data vem chamando a atenção por conta das expectativas e necessidades dos clientes que querem um atendimento diferenciado e personalizado, incentivando as empresas a inovarem e trazerem algo único para seus clientes.

Enquanto a Big Data analisa dados de forma quantitativa, a Small Data faz a analise de forma qualitativa, possibilitando a análise de detalhes e opiniões sobre a experiência do cliente, dando chances de insights (entender uma causa e efeito dentro de um contexto específico.) e decisões que o Big Data não consegue proporcionar, resultando na entrega para o cliente da melhor experiência e produtos como ele sempre desejou.

 

FONTE: SITE – computerworld.com.br.

Tecnologias para o meio ambiente

Hoje dia 05 de maio é comemorado o dia internacional do meio ambiente, essa data foi escolhida em 1972 na Conferência das Nações Unidas para lembrar a todos a importância de cuidar dos recursos naturais ainda disponíveis em nosso planeta. Pensando nisso reunimos algumas inovações que as novas tecnologias estão fazendo virar realidade para diminuir os impactos da poluição em todo mundo.

A tecnologia vem se superando a cada dia, uma prova disso são os novo conhecimentos sendo utilizados para substituir as abelhas que vem morrendo em larga escala por conta do uso de pesticidas, ácaros e mudanças climáticas constantes. Para que a natureza não sofra com a falta desses insetos, foram desenvolvidas flores robóticas impressas em 3D. As “flores” atraem os insetos e assim continuam o processo de polinização.

Mais um ponto a favor das novas tecnologias é a produção de brinquedos feitos com materiais recicláveis, os novos Lego biodegradáveis são feitos com através da  transformação da cana-de-açúcar em um plástico vegetal. Assim os brinquedos se descartados de forma incorreta irá reduzir os impactos no ambiente pois seu tempo de decomposição é muito menor que o plástico que conhecemos feito de petróleo.

Sabemos que ainda não é o suficiente para corrigir todos os problemas causados ao longo dos anos, mas já é um começo para melhorarmos as coisas para as próximas gerações.

 

FONTE: SITE – futuroexponencial.com

Como o 5G pode mudar nossa experiência na internet

A tecnologia 5G apresentada esse ano e já em ação em alguns países chegou prometendo uma mudança na forma que utilizamos a internet, aqui vamos falar sobre as principais mudanças que essa nova velocidade oferece e que pode nos proporcionar uma nova experiência na internet.

A primeira e mais notável mudança está na velocidade. A conexão 5G em pleno funcionamento pode nos oferecer uma velocidade de 20 gigabyte por segundo, superando a geração passada onde a velocidade é de 1 gigabyte por segundo. Com ela será possível baixar um filme para assistir off-line em até 3,7 segundos, no 4G o download levaria cerca de 2 minutos.

Outro ponto positivo para a nova conexão é quando falamos na vida útil dos smartphones, a expectativa é que a partir da segunda e terceira geração dos aparelhos compatíveis com 5G tenha sua vida prolongada e vai trazer ao mercado celulares mais finos e leves.

Por último, a nova tecnologia vai trazer ao consumidor uma cobertura maior, isso por que a infraestrutura 5G por ter uma potência maior permite que mais aparelhos estejam conectados ao mesmo tempo. Chega de ter dificuldade de acesso quando for a um show ou estiver em um lugar com uma grande concentração de pessoas utilizando a rede de internet móvel todos juntos.

 

FONTE: SITE – bbc.com

Reunião da federação ASSESPRO na Bahia

Aconteceu na última quinta-feira (30) a reunião da federação da ASSESPRO. A associação abriga as principais empresas brasileiras de tecnologia defendendo assuntos de interesse da sociedade e de empresários do setor de tecnologia do pais. No encontro a diretoria realizou o alinhamento das ações com todas as regionais.

A associação teve um papel importante na elaboração da nova Lei Geral de Proteção de Dados. A nova lei vem de encontro aos pedidos da sociedade e embora possa causar transtornos iniciais para as empresas, na fase de adaptação, ela deve ser defendida e celebrada por todos.

Na ocasião foram lançadas as expedições para Israel e Chile e também confirmada a expedição para Portugal. Nesses eventos os principais objetivos serão a troca de tecnologias e experiências entre as empresas. Todas as informações serão convertidas em estudos e novas aplicações que melhoram o desempenho e a produtividade das empresas brasileiras.

Como usar as redes sociais para impulsionar suas vendas

Nós reunimos aqui algumas dicas para você que tem um comércio e deseja aumentar suas vendas utilizando as redes sociais e assim também aumentar seu público chegando a pessoas que nunca ouviram falar de sua loja.

Descubra quem é seu público: Antes de começar a vender é preciso saber para que tipo de cliente você irá vender, sexo, idade, costumes, preferências e também com que frequência seu cliente consome seu produto.

Conheça sua concorrência: Não precisa copiar as ideias, mas visitar os perfis nas redes sociais de marcas concorrentes é uma boa fonte de inspiração para o tipo de postagem você deve fazer e como deve abordar seu público alvo.

Busque o relacionamento com o cliente: As redes sociais facilitam o contato entre a empresa e o cliente, abrace campanhas com hastags para que seus clientes possam ter a chance de aparecer em seu perfil, falando do seu produto ou usando o mesmo.

Divulgue seus produtos: No mundo digital você irá alcançar pessoas que nunca tiveram contato com sua empresa nem com o que ela oferece, por isso use da ferramenta stories, do Instagram e Facebook para mostrar produtos em promoção e os recém lançados, por ser uma função instantânea suas atualizações diárias nela vai ser a primeira coisa que uma pessoa que caiu de para-quedas vai olhar em seu perfil.

Aprenda com o erro da concorrência: Pesquise casos de marcas que não deram certo no meio digital e avalie o motivo de sua queda, ver o erro do outro para que você não caia no mesmo é um passo importante para ter sucesso.

 

FONTE: SITE – exame.abril.com.

ASSESPRO na inauguração do espaço Colabore

Inaugurado no dia 10 de maio o espaço Colabore é um toque de pensamento europeu no parque da cidade de Salvador. Ali tudo foi pensado para ser sustentável. Desde o reaproveitamento de contêineres, água da chuva, luz solar, ventilação natural e mobiliário.

O líder da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis), André Fraga fez a apresentação do projeto para a ASSESPRO. Segundo ele, o espaço servirá para startups e empreendedores que terão a possibilidade de acelerar seus projetos no espaço, desde que comprovem que sua ideia ajuda a atingir um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

A associação se engajou no projeto e aceitou o convite para realizar reuniões no local e dessa forma promover o grande ponto de encontro de um ecossistema de inovação e impacto. O espaço é sem dúvida a demonstração de que é possível ser tecnológico e sustentável ao mesmo tempo.

Sendo aberto ao público geral, o espaço será em breve um ponto de referência quando se falar de sustentabilidade, inovação e empreendedorismo. No espaço existem módulos destinados ao Sebrae, duas incubadoras de negócios e um funcionará como um café. No espaço haverá, ainda, um co-working público, que reunirá 64 estações de trabalho. Os usuários do Colabore também terão acesso a escritórios compartilhados, auditório, cafeteria, salas de reunião, entre outras facilidades.

O que é a LGPD?

Com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados pelo Senado na última quarta-feira (29), podem surgir muitas dúvidas sobre o assunto, reunimos algumas explicações que podem ajudar a entender melhor essa nova regra e o que ela muda no relacionamento entre empresa e usuário.

Como vai funcionar a LGPD: A nova Lei determina que os dados pessoais – informações relacionadas à pessoa, como nome, idade, estado civil e documentos – só podem ser coletados com o consentimento do usuário. A lei vem para garantir a privacidade do usuário, obrigando a empresa a informar com qual finalidade aquelas informações serão usadas, armazenadas e compartilhadas.

Quem vai fiscalizar a Lei: Após a aprovação do Senado e a sanção do presidente Jair Bolsonaro será criado a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). O órgão será responsável por zelar e fiscalizar o cumprimento da LGPD, além de aplicar punições às empresas, públicas ou privadas que descumprirem a exigência.

Qual punição para quem não cumprir a LGPD: A empresa que descumprir a LGPD a partir do ano que vem pode receber entre outras penalidades, uma multa de até 2% do seu faturamento.

Cuidados para as empresas: A empresas a partir de agora terão que se enquadrar, implementando uma nova estrutura e política interna com a presença do controlador, do operador e do encarregado, em seu quadro de funcionários, essas posições serão as responsáveis pelo tratamento de dados.

FONTE: SITE – estadao.com

 

Senado aprova criação de Juizado para Crimes Digitais

O Senado Federal aprovou na noite de ontem (29) a criação de um Juizado especializado que vai atuar conciliando e julgando  crimes com pouco potencial ofensivo relacionados à informatica ou cometidos através dela.  Para a autora do projeto, a ex-deputada Laura Carneiro, a criação de um juizado próprio pode contribuir dando mais celeridade ao Poder Judiciário.

O redator do Projeto de Lei, o senador Antonio Anastasia (PSDB) comenta que o projeto se torna importante a partir do crescimento do número de infrações cometidas pela internet, como por exemplo com crimes contra a honra.

“Tal modalidade de infração penal vem aumentando sobremaneira nos últimos tempos, a exemplo do crime de invasão de dispositivo informático e dos crimes contra a honra (calúnia, injúria e difamação) e de ameaça praticados pela internet”, afirma Anastasia.

 

FONTE: SITE – senado.leg.br.

Ideias para destacar seu restaurante da concorrência

Todos gostamos de ir a um bom restaurante seja sozinho, com amigos ou família, mas o que faz o cliente decidir visitar o seu restaurante e não o concorrente? Aqui vamos trazer algumas dicas e inovações para que você possa destacar o seu estabelecimento da concorrência.

1° – Invista na Apresentação do prato: Num mundo de Smartphones e redes sociais não é raro ver pessoas fotografando suas refeições, então usar uma apresentação diferente para os pratos pode chamar a atenção até de quem não frequenta seu espaço.

2° – Conteúdo nas Redes Sociais: Use plataformas como Instagram não apenas para mostrar novos pratos e promoções, uma rede social bem aproveitada pode ser usada para falar sobre curiosidades gastronômicas que desperte a curiosidade das pessoas, e também para receber o feedback de clientes.

3° – Uma Fachada Chamativa: Assim como pessoas se sentem atraídas a entrar em uma loja comum apenas avistando uma fachada diferente e criativa, com uma boa vista de seu local o mesmo pode acontecer com você.

4° – Um Bom Atendimento ao Cliente: Um atendimento ruim pode por todo seu investimento a perder, por isso treine garçons e cozinheiros para atender os clientes com profissionalismo e agilidade.

5° – Sistema de Gestão Eficiente: Em tempos de crise quem não se reinventa, não se sustenta, com isso as soluções tecnológicas ampliam seu crescimento. Um bom sistema de gestão é essencial para que você não se perca no controle interno do seu restaurante. Gerenciar desde suas entregas por delivery, pedidos de clientes até seu estoque vão ajudar muito no crescimento do seu negócio.

 

FONTE: SITE – i9menu.com.br.

Proteção de dados é direito fundamental

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou na última quarta-feira (22), a Proposta de Emenda à Constituição que visa incluir a proteção de dados pessoais como direito fundamental do cidadão. A proposta que irá valer também para a proteção das informações no meio digital, ainda precisa passar por análise no plenário do Senado onde vai precisar de dois turnos de votações antes de entrar em vigor.

 

FONTE: SITE -G1.com.br.