Posts

5G e a criação de novos empregos

Após falarmos sobre as mudanças que a chegada do 5G irá trazer para os empregos, vamos falar sobre os novos empregos que serão gerados com a vinda da nova velocidade. Sobre o assunto, o diretor da Huawei no Brasil,  Carlos Roseiro, disse que a previsão é de que 15 milhões de novos empregos sejam criados até 2025. Segundo Carlos, a maioria desses será no desenvolvimento de novas aplicações para essa tecnologia.

“As operadoras terão um incremento de 10% a 20% nas suas receitas. Tudo vindo de um novo modelo de negócios. Isso exige mão de obra capacitada”, disse.

Em pesquisa realizada pela Teleco consultoria, o 5G permitirá o crescimento de industrias como a de carros conectados à internet e a de realidade virtual, além de permitir a conexão entre objetos, como eletrodomésticos e casas.

Mas para que tudo isso citado se torne realidade para os brasileiros ainda há um longo caminho, como a ampliação da cobertura 4G em território nacional, onde 23,4% dos municípios não dispõem de acesso a essa tecnologia. É o que afirma o diretor sênior de Desenvolvimento de Produtos da Qualcomm, Roberto Medeiros.

“É preciso investimentos, pois, mesmo que os fabricantes lancem aparelhos compatíveis com a tecnologia, é preciso que haja uma rede em que os dados consigam trafegar em maior velocidade”, declarou.

 

FONTE: SITE – convergenciadigital.uol.com.br.

Governo abre consulta pública sobre 5G

O governo federal, através do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações abriu na última terça (02), um canal oficial para ouvir a população sobre sugestões para a utilização e implementação do 5G no país. O site pode ser acessado pelo no final do texto, e as respostas podem ser enviadas até o dia 31 de julho.

Segundo o  MCTIC, a participação do público vai permitir ao governo ter uma visão da situação da infraestrutura no país, das necessidades do consumidor e dos desafios para a chegada dessa nova tecnologia.

link para a consulta pública: clique aqui

FONTE: SITE – tecmundo.com.br.

Como o 5G pode mudar nossa experiência na internet

A tecnologia 5G apresentada esse ano e já em ação em alguns países chegou prometendo uma mudança na forma que utilizamos a internet, aqui vamos falar sobre as principais mudanças que essa nova velocidade oferece e que pode nos proporcionar uma nova experiência na internet.

A primeira e mais notável mudança está na velocidade. A conexão 5G em pleno funcionamento pode nos oferecer uma velocidade de 20 gigabyte por segundo, superando a geração passada onde a velocidade é de 1 gigabyte por segundo. Com ela será possível baixar um filme para assistir off-line em até 3,7 segundos, no 4G o download levaria cerca de 2 minutos.

Outro ponto positivo para a nova conexão é quando falamos na vida útil dos smartphones, a expectativa é que a partir da segunda e terceira geração dos aparelhos compatíveis com 5G tenha sua vida prolongada e vai trazer ao mercado celulares mais finos e leves.

Por último, a nova tecnologia vai trazer ao consumidor uma cobertura maior, isso por que a infraestrutura 5G por ter uma potência maior permite que mais aparelhos estejam conectados ao mesmo tempo. Chega de ter dificuldade de acesso quando for a um show ou estiver em um lugar com uma grande concentração de pessoas utilizando a rede de internet móvel todos juntos.

 

FONTE: SITE – bbc.com

A chegada do 5G

Nos últimos dias noticias sobre a nova conexão 5G tem sido o grande centro das atenções, e pensado nisso Cristiano Amon, responsável por falar sobre a nova tecnologia em todo mundo fará uma palestra para falar sobre como a conexão irá impactar a economia brasileira. A tecnologia deve ter suas frequências licitadas em leilão do governo brasileiro já no ano que vem.

Perguntado, o executivo afirmou que, o 5G vai acelerar a transformação digital das empresas, e tornará a economia brasileira mais dinâmica e com nível de competitividade global.  Cristiano ainda fala que a nova velocidade atende a necessidade de vários outros setores da indústria.

 

FONTE: SITE – correiobrasiliense.com.br.